SEJA BEM VINDO

SEJA BEM VINDO

domingo, 25 de janeiro de 2015

Champagne Veuve Clicquot. Origem França.

Dados:
● Origem: França
● Fundação: 1772● Fundador: Philippe Clicquot-Muiron
● Sede mundial: Reims
● A marca, que pertence ao conglomerado de luxo LVMH (Louis Vuitton Moët Hennessy), produz cerca de 10 milhões de garrafas por ano.
● A empresa também produz o famoso e exclusivo champanhe KRUG.-



Conforme continuação das melhores champagnes do mundo, vamos a mais uma champagne que merece com certeza ser mencionada.Então mencionamos a Taittinger, a Perrier Jouet e agora a Veuve Clicquot.
Aqui a gente menciona a história, como surgiu, não falamos muito das uvas, só de uma forma geral, porque senão iriamos ter que fazer um texto muito grande.Na verdade o objetivo é você conhecer um pouco mais sobre esses champagnes e por qual motivo elas são tão famosas e gostosas.Vamos primeiro a explicação da garrafa:

A âncora, símbolo de origem cristã evocador da esperança, foi escolhida em 1798 por Philippe Clicquot, fundador da Maison, como marca de rolha, único sinal distintivo antes do aparecimento das etiquetas. Ela acompanha os votos de prosperidade para a sua jovem empresa. Madame Clicquot utiliza a mesma marca de rolha ao assumir a direção da Maison em 1805. Conservando a marca da âncora ao longo dos séculos, Veuve Clicquot Ponsardin mantém-se ligado aos símbolos das suas origens.


Fotos dos símbolos : http://www.veuve-clicquot.com
O cometa: Referência criada por Barbe-Nicole ao cometa que cruzou os céus da Champagne em 1811, interpretado como presságio de uma safra excepcional. O Vinho do Cometa foi na época umgrande sucesso da Veuve Clicquot. Que por essa e outras se tornou um vínho mítico.Não há quem confirme ou negue qualquer influência sobre a viticultura em anos em que cometas riscam os céus do planeta, porém, desde 1811, na passagem do grande cometa Flaugergues, as safras em que cometas são avistados são consideradas históricas. 
Foram diversos os produtores que influenciaram a produção de Champagne, mas ninguém como a viúva Nicola Barbe Clicquot Ponsardin. Foi ela quem desenvolveu o sistema de remuage para tirar os sedimentos de leveduras mortas da garrafa e o manteve em segredo até 1820. Foi somente depois de conhecida essa técnica que Champagne se tornou uma indústria de verdade.

A história da vinícola começou em 1772 quando Philippe Clicquot-Muiron fundou um comércio de vinhos com o nome Clicquot na região de Reims na França. Três anos mais tarde seria a primeira a introduzir o champanhe rosé. 
Um fato que mudaria os rumos da empresa e tornaria a marca uma das mais luxuosas do mundo ocorreu em 1798 quando seu filho, François, casou-se com Nicole Barbe Ponsardin. Em 1805, Madame Clicquot ficou viúva aos 27 anos de idade e assumiu o controle dos negócios. 
A Casa Clicquot passou então a denominar-se Veuve Clicquot-Ponsardin. Surgia assim a marca VEUVE CLICQUOT. Dedicada e exigente, ela se tornou uma das primeiras mulheres de negócios dos tempos modernos. A viúva apresentou seu champanhe em todas as cortes da Europa, primando sempre pela alta qualidade da bebida. Nesta época, representantes da produtora de champanhe foram enviados para Rússia, resultando na importação de 25 mil garrafas do produto.
Fontes:http://www.veuve-clicquot.com
http://www.terra.com.br/istoegente/edicoes/513/artigo143630-1.htm
http://caminhosdoturismopeloturismologo.blogspot.com.br/2010/03/historia-de-veuve-clicquot.html