SEJA BEM VINDO

SEJA BEM VINDO

quarta-feira, 17 de julho de 2019

Grand Hyatt Wine Club celebra produção da América do Sul e homenageia Villa-Lobos Evento terá concerto especial do festival Rio Cello



O Grand Hyatt Rio de Janeiro se prepara para mais uma edição do Wine Club, no dia 18 de julho, a partir de 19h. Dessa vez o tema será a América do Sul, com uma seleção especial de rótulos de países conhecidos pela qualidade na produção de vinhos, como Chile, Argentina, Brasil e Uruguai, acompanhados do tradicional buffet de antepastos com estação de pães, queijos e frios selecionados. Para a experiência ser completa, especial e memorável, o evento será embalado por um show dos músicos do festival Rio Cello, representado por David Chew, Blas Rivera e o Quarteto da UFF. 

O festival completa 25 anos em 2019 e, nesta data, fará um concerto em homenagem ao grande maestro e compositor brasileiro, Heitor Villa-Lobos.

No evento, as importadoras Inovini, Wine Brands, Berkmann, Decanter e Asa Gourmet apresentarão seus principais rótulos como o Undurraga Aliwem Sauv Blanc (Chile), Alto de La Ballena Merlot-Cabernet Franc 2014 (Uruguai), Nina Gold Cabernet Sauvignon (Argentina), Vinhética Terroir D'Elegance (Brasil), entre outros.

Para esta edição especial, o preço do ingresso será R$ 150, por pessoa, e podem ser adquiridos no sitehttps://www.pacoteshyatt.com.br/rio-de-janeiro/vale-presente/wine-club-rj-segunda-edicao-2019/

Hashtags: #GrandHyattRio e #GoGrand

Sobre o Grand Hyatt Rio de Janeiro

O Grand Hyatt Rio de Janeiro foi o segundo hotel da rede Hyatt a ser inaugurado no Brasil e está localizado na Avenida Lucio Costa, na Barra da Tijuca, em frente ao mar. O hotel cinco estrelas, com conceito de Resort Urbano, conta com 436 apartamentos e suíte, um restaurante de cozinha japonesa (Shiso), um gastro lounge de inspiração carioca (Cantô Gastrô &Lounge) e um espaço para café da manhã e eventos (Tano). Além dos restaurantes, o hotel possui uma completa estrutura para eventos (mais de 2000 m² de versáteis salões, divididos em dois espaçosos ballrooms, duas loft kitchens,  nove salas de reunião com varandas ao ar livre e um espaço especial para eventos sociais).  Um Spa urbano de padrão internacional, com nove salas de tratamento e fitness center 24 horas (Atiaia Spa & Fitness), piscina externa climatizada e uma variedade de atividades recreativas, entre elas o espaço Camp Hyatt, dedicado a crianças, e as atividades de resort, como o Workshop de chocolate com o chef Pâtissier, a aula de Maki com a equipe do restaurante japonês Shiso e a aula de Yoga. Toda a infraestrutura foi pensada para reforçar o posicionamento de resort urbano do hotel. Os hóspedes ainda podem desfrutar da localização beira-mar do hotel, cercada pela Lagoa de Marapendi e com vista para o oceano Atlântico.  

Sobre a rede Hyatt no Brasil

Hoje, a rede Hyatt conta com quatro hotéis no país: Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), São José do Rio Preto (SP) e em Macaé (RJ).

Sobre a marca Grand Hyatt
Em todo o mundo, os hotéis Grand Hyatt dão um toque de extraordinário em cada momento proporcionando experiências que vão além das expectativas. Mesclando a cultura local com sua atuação global, presente nas principais cidades e destinos de resort, cada hotel Grand Hyatt é exclusivamente desenhado para refletir seu próprio ambiente. Os hotéis Grand Hyatt exemplificam a busca por momentos grandiosos, oferecendo a seus clientes serviços de qualidade superior, acomodações de primeira classe e uma abundância de opções dentro de um contexto multicultural de arquitetura e design inovador. Grand Hyatt oferece restaurantes inovadores e criativos, spas de luxo, centros de fitness e instalações para eventos e reuniões de negócios. Os hotéis Grand Hyatt querem fazer com que cada momento seja memorável, e para isso tem seu compromisso #LivingGrand todos os dias. Para obter informações adicionais ou para reservas, visite www.grandhyatt.com 
Sobre Hyatt Hotels Corporation
Hyatt Hotels Corporation, com base em Chicago, é líder na indústria de hospitalidade, com um portfólio de 19 marcas premium, com mais de 850 propriedades em 60 países nos seis continentes. O propósito da companhia é cuidar de pessoas para que possam ser o melhor de si mesmos, motivar suas decisões de negócio e estratégias de crescimento, criando valor para seus acionistas, construindo relacionamento com seus hóspedes e captando os melhores parceiros da indústria. As subsidiárias da companhia desenvolvem, são proprietários, operam, administram, franquiam, licenciam ou fornecem serviços para hotéis, resorts, residenciais da marca e propriedades de férias, com as marcas Park Hyatt®, Miraval®, Grand Hyatt®, Alila®, Andaz®, The Unbound Collection by Hyatt®, Destination®, Hyatt Regency®, Hyatt®, Hyatt Ziva™, Hyatt Zilara™, Thompson Hotels®, Hyatt Centric®, Hyatt House®, Hyatt Place®, Joie de Vivre®, tommie™, Hyatt Residence Club®  e Exhale®, localizadas em seis continentes. Para mais informações, visite www.hyatt.com.
Obrigada

Informação à Imprensa:
FleishmanHillard Brasil 

6ª International Wine Show no Centro de Convenções Frei Caneca

Degustação de vinhos do mundo em um evento especial reúne cerca 
de 300 rótulos, nacionais e importados, incluindo lançamentos
A International Wine Show, evento de degustação de vinhos do mundo, realiza sua sexta edição no dia 20 de julho (sábado), das 15h00 às 21h00, no 4º andar do Centro de Convenções Frei Caneca, integrado ao Shopping Frei Caneca, na capital paulista.

Serão cerca de 300 rótulos, nacionais e importados, dos principais países produtores de vinho do planeta! Tintos, brancos, rosés e espumantes poderão ser degustados e comprados com descontos especiais no evento.

A International Wine Show conta com 50 stands de importadoras e vinícolas selecionadas, confira:  Adega Alentejana, Barrinhas, Bodegas, Bruck, Buena Importadora, Bueno Wines, Cantu, Casa Flora, Casa Perini, Casa Valduga, Cave Geisse/Braccobosca, Chandon, Decanter, Devinum, Domno , Don Guerino, Épice, Grand Cru, Inovini , Intebras, Interfood, Italia Mais, Italys Wine, La Charbonnade, La Pastina, Miolo, Mistral, Mr. Man, Mr. T, Obra Prima, Optimus, Portus, PPS Vinhos, Qualimpor, Salton, Santar, Segala & Perini, Terra Vinis, Total Vinhos, TW Vinhos, VCT - Concha Y Toro, Vinci, Vinhos Do Mundo, Weinkeller, Wine Co, Wine Lovers, Winebrands, Worldwine e Zahyl.

Sophenia Estate Wine Malbec, que a World Wine apresentará na 6ª I.W.S// foto:divulgação 021790_Sophenia_Estate_Wine_Malbec_2016.jpg
 Desiree.png Vinho Rosé Desiree,  que a Vinícola Bueno Wines apresentará na 6ª I.W.S // foto:divulgação 
Miolo Single Vineyard Syrah 2017, que a Miolo apresentará na 6ª I.W.S // foto:divulgação  Miolo_Single_Vineyard_Syrah_2017.jpg
AltaVistaRedBlend2016.jpgAlta Vista Red Blend 2016, que a Épice apresentará na 6ª I.W.S// foto:divulgação 
 
Para harmonizar, será servido um Buffet com mesa de antepastos, queijos variados e pães. O evento irá também promover a palestra de Tasting Taças Riedel, que irá mostrar a diferença que o tipo de taça faz ao vinho, seja pelo formato ou pelo material.
 5_Internacional_Wine_Show__Foto__Bruno_Polengo_3__118_.jpg
Tasting Taças Riedel, na 5ª I.W.S// foto: Bruno Polengo
O planejamento e a produção do evento são assinados por Winston Chagas e sua equipe do Centro de Convenções Frei Caneca – um dos apoiadores do evento -, que estão preparando um espaço charmoso e funcional.
Realizada pelo Shopping Frei Caneca, a 6ª International Wine Show conta com o Apoio do Empório Frei Caneca, do Centro de Convenções Frei Caneca e do Banco Rendimento. Os parceiros do evento são o Café Três Corações e a Lindt chocolates.

Investimento
O investimento para participação na 6ª International Wine Show é de R$ 120,00. Os vinhos serão degustados em uma taça personalizada, que o convidado recebe logo na entrada e leva como brinde ao final do evento. O ingresso dá direito também a um Guia com os vinhos de cada expositor.
 
www.emporiofreicaneca.com.br
www.convencoesfreicaneca.com.br
www.freicanecashopping.com.br
 

Serviço:
6ª International Wine Show no Centro de Convenções Frei Caneca
Quando: 20.07.2019 (sábado)
Horário: 15h00 às 21h00
Valor do Convite: R$ 120,00
Compras pelo Ingresso Rápido ou no Empório Frei Caneca
Local: Centro de Convenções Frei Caneca – 4º Andar
Rua Frei Caneca, 569 – Consolação - São Paulo - SP

ENTRADA PROIBIDA PARA MENORES DE 18 ANOS
 
Informações para a imprensa:
Persona Consultoria de Comunicação

Paris - Bordeaux - Roteiro de Vinhos por Apreciadoras de Vinhos






Viajar é sempre bom e quando é para visitar regiões vinícolas é maravilhoso, mas para uma viagem dar certo é preciso organização, planejamento e boas escolhas.
Nós das Apreciadoras de Vinhos iremos começar com publicações de lugares de vinhos para visitar com dicas desde avião, trem, o que fazer, onde não ir, o cuidado que se deve ter e  muito mais, então  esperamos que as dicas o ajudem a ter uma viagem inesquecível.

Começamos pela companhia, para quem não sabe a Azul Linhas Áreas que sai do Viracopos, Campinas esta crescendo cada vez mais e com isso a possibilidade de achar bons preços em voos diretos para Portugal, Paris  é ótima.
O vôo da Azul vai direito para ORLY, Paris e não para o Charles de Gaullet, mas não se preocupem com a distância, pois no aeroporto de Orly há preços fixos de 30 euros ( Táxi) que o levam para o centro de Paris.


AEROPORTO ORLY, PARIS
Começamos assim nossa primeira dica de viagem....muito cuidado! Quando você sair  do aeroporto  Orly, Paris  tem um local especifico para pegar uma fila e pegar  taxi, quando fomos na ocasião era um Domingo e não tinha fila, então um grupo de rapazes em frente ao aeroporto  se apresentaram como taxistas, mas quando entramos no carro que não tinha a placa em cima de taxi queriam 100 euros para ir a Paris...CUIDADO. Por sorte, havíamos uma noção de valor e saímos do carro e posteriormente procuramos um carro com a placa táxi. Estejam atentos as informações e filas especificas sempre para pegar um TAXI  na saída do aeroporto.

ESTAÇÃO 
Para ir para Bordeaux é necessário  pedir que o motorista, taxista ou UBER te leve a Gare Montparnasse. 
O fluxo da estação é muito grande e há várias entradas, então pergunte onde fica a SNCF  e lá você pode comprar tranquilamente  no próprio local a passagem em dinheiro ou cartão, tínhamos esse receio  quanto a ser lotado e não ter lugar, mas achamos tranquilo. Por estarmos com malas optamos pela 1 classe, sendo muito tranquilo. Compramos o bilhete e passamos por um tipo de catraca eletrônica, após  entramos  no vagão de acordo com a informação do bilhete e fomos tranquilamente. 
Se tiver receio quanto a deixar  mala no bagageiro ....não se preocupe, pois conseguimos colocar a mala embaixo da poltrona ( uma mala média) e na frente a pequena, mas não tem problema, pois 1 classe é bem segura e só tivemos essa cautela na ida, mas na volta já deixamos no bagageiro.

BORDEAUX

HOSPEDAGEM 

A cidade tem muito transporte público, mas para quem nunca usou é bom ver o mapa dos locais. Você pode optar por UBER ou TAXI . 










Ficamos hospedadas no hotel SEEKO'O https://seekoo-hotel.com/
 






O Hotel é bem moderno, limpo e grande. A elegante fachada em branco gelo do Seeko’o Hotel está se afirmando na zona portuária de Bordeaux. Seeko'o significa “iceberg” ou “geleira” em (idioma indígena esquimó) e, desde o início, esse foi um conceito incomum e aventureiro.A criação do hotel de designer no centro de Bordeaux, na margem esquerda do Rio Garona, sempre causaria dificuldades, pois esse é um marco estratégico da cidade, bem conhecido por respeitar a sua herança e espírito de “cidade de pedra”. Entretanto, esse era exatamente o desafio: criar um projeto que, ao mesmo tempo, rompesse com a tradição e fosse harmônico com o seu ambiente.
Para criar o efeito desejado de “iceberg”, o arquiteto Jean-Christophe Masnada, do Atelier d’architecture King Kong, teve a ideia de desenvolver uma fachada feita com a superfície sólida .
O hotel é 4 estrelas e atendeu muito nossas expectativas. No quarto tem uma cafeteira com nespresso e chá, a decoração é bem bonita, tem elevador( o que é um diferencial já que muitos hotéis em Bordeaux não tem) e o ar condicionado funcionava perfeitamente.
Todos os atendentes são muito prestativos, café vale muito a pena e a localização é boa, pois fica perto do transporte público,  mercados como o carrefour e pertíssimo da  Cité du Vin é um museu, bem como um local de exposições, shows, projeções de filmes e seminários acadêmicos sobre o tema do vinho localizado em Bordeaux.










 TRANSFER EM BORDEAUX:
Para você que quer visitar as regiões dos Chateaus, não vale a pena ir de trem, pois as regiões são distantes e alugar um carro  não é recomendável se você for beber vinho. A dica é :
há muitos lugares, mas escolhemos alguns em especial e contamos com o  Plínio Oliveira https://www.plinioliveira.com/  ele é competente, pontual , faz um preço justo e é brasileiro, então nada melhor que um profissional com essas qualidades para você desfrutar a região.
Seguem alguns lugares que fomos com o Plínio:








Para quem não conhece os termos  e qual Chateau ir, há uma lista dos Grands Crus Clásses feita em 1855 e é parâmetro até hoje para os Premiers Crus, Seconds Crus, Troisièmes Crus, Quatrièmes Crus e Cinquièmes Crus em Médoc .


É bom lembrar que Bordeaux é imensa. São 13 mil viticultores e 9 mil Châteaux engarrafadores de vinho. Esse universo comporta não apenas os grandes ícones, que fazem a fama da região.

Os vinhos da região já sofreram diversas classificações. A primeira e mais famosa é a de 1855, quando os melhores caldos das sub-regiões do Médoc, Graves e Sauternes receberam o título de Grand Cru Classés (em cinco níveis, de 1º a 5º). 
No topo dessa pirâmide estão os famosos Premier Cru Classés, os Châteaux Margaux, Latour, Mouton-Rothschild, Lafite Rothschild, Haut- Brion e d´Yquem.
Infelizmente, todos os Cru Classés são caros. Uma boa opção para provar Bordeaux de qualidade também  é escolher dentre os Cru Bourgeois. Essa classificação elegeu pela primeira vez, em 1932, os melhores vinhos do Médoc (dentre os que ficaram de fora do certame de 1855), agrupando-os em três níveis: Cru Bourgeois Exceptionnel (CBE), Cru Bourgeois Supérieur (CBS) e Cru Bourgeois (CB). Os Cru Bourgeois sofrem periodicamente uma reclassificação - a mais recente aconteceu em 2003 e gerou muita polêmica, levando o assunto aos tribunais.





Bordeaux é uma cidade encantadora, com belas paisagens, bons vinhos ...adoramos! Esperamos que tenham gostado das dicas!

Jazz ao vivo, fogueira e vinho entre os vinhedos




Wine Garden Miolo, no Vale dos Vinhedos, fecha julho com Jazz in the Vines


A temperatura vai subir no Wine Garden Miolo nos dias 27 e 28 de julho. O frio da estação ganha o aconchego do ‘jardim do vinho’ mais charmoso do Brasil, que será embalado pelo Jazz in the Vines, marcando o término das férias de inverno. Serão dois dias de black music com bandas de jazz e blues, comidas de fogo, costelão campeiro, fogueiras, mantinhas, vinhedos em estado de hibernação e, claro, muito vinho, espumante, suco de uva e brandy para o aquecimnto. A entrada é gratuita.

A ideia do ‘jazz nas videiras’ é das sócias Morgana Miolo e Gabriela Jornada que há quase cinco anos conduzem o wine bar a céu aberto sempre com novidades. “Pensamos em unir vários clássicos numa experiência inédita: jazz, blues, boa mesa, bons vinhos e natureza. Aqui no Wine Garden Miolo o prazer de brindar a vida está em primeiro lugar e esta programação contempla bons momentos para casais, amigos e família. É só vir, trazer bom humor e disposição para curtir tudo o que estamos preparando. O resto é por nossa conta”, convida Morgana.

No primeiro dia do Jazz in the Vines, o palco será da Marmota Jazz. Criada em 2011, a banda tem dois álbuns autorais e coleciona turnês pelo Brasil e Europa. Sua formação atual é André Mendonça (baixo), Bruno Braga (bateria), Leonardo Bittencourt (piano) e Pedro Moser (guitarra). No domingo, 28, será a vez do quarteto The Cotton Pickers espalhar blues. O grupo é formado por Toyo Bagoso, Isaac Schwartzhaupt, Tomás Seidl e Jayson Mross.

“Nossa dica é se vestir de boas energias que o calor humano tem de sobra. Acendemos fogueiras, cedemos mantinhas bem quentinhas e enchemos a taça de muitos aromas e sabores”, destaca Gabriela. As pessoas se acomodam pelo jardim emtapetes, pallets, almofadas, cadeiras e no entorno de fogueiras. O vinho é a companhia certa par aquecer corpo e alma.


E para quem deseja renovar a adega, o varejo Miolo funciona ao lado do Wine Garden Miolo. Com o maior portfólio de rótulos nacionais – hoje com 110 -, a vinícola oferece ao visitante todas as linhas com preços de varejo que partem de R$ 24.

Wine Garden Miolo
SERVIÇO INVERNO 2019 – Julho e Agosto
Onde? Jardim da Vinícola Miolo, no Vale dos Vinhedos (RS)
Funcionamento: terças a domingos, das 10h às 18h30min

Varejo Miolo
De segunda a sábado, das 8h15min às 17h45min
Domingos e feriados, das 10h às 16h45min

Visitas guiadas
Visita seguida por degustação.
De hora em hora em horário de funcionamento.
Acompanhamento de um enólogo ou sommelier.
R$ 35 por pessoa com R$ 10 de bônus nas compras no varejo.
Informações e agendamento: 54 2102.1537 ou 2102.1540 – visita@miolo.com.br

Imagens: Divulgação Miolo
Imprensa:Conceitocom Brasil

sexta-feira, 12 de julho de 2019

Vinexpo Shanghai: o principal evento de fim de ano para profissionais de vinhos e destilados


Bordeaux, 12 de julho de 2019 - Em três meses, a Vinexpo Shanghai abrirá suas portas, com quase 90% do espaço de exposição já reservado. A feira de vinhos e destilados acontece nos dias 23, 24 e 25 de outubro de 2019 no Centro de Exposições e Convenções Shanghai World Expo (SWEECC).

Uma exposição exclusivamente B2B

Após 20 anos de investimento na Ásia-Pacífico com a Vinexpo Hong Kong, é natural que a Vinexpo reafirme sua presença na China continental com a Vinexpo Shanghai. O show reunirá as principais marcas internacionais do setor de vinhos e bebidas destiladas, interessadas em conhecer os compradores mais influentes da China continental. Uma oportunidade para os produtores internacionais aumentarem sua carteira de clientes e fortalecerem sua presença na região, com base em um banco de dados qualitativo de 30.000 compradores e influenciadores profissionais chineses.

China continental, uma terra de oportunidades de negócios para produtores em todo o mundo.

As importações de vinho continuam a subir na China e devem atingir 89,7 milhões de caixas de 9 litros em 2021, um aumento de 23,7% em três anos.

Os acordos de livre comércio que a China assinou com a Austrália e o Chile deram origem a uma alta demanda por vinhos no mercado chinês. Com o consumo definido para aumentar em 11% ao ano entre agora e 2021, produtores australianos como a Accolade Wines pretendem aproveitar essa tendência para aumentar sua participação de mercado. As grandes empresas chilenas, como Concha Y Toro, Emiliana e Sur Valles Wine Group, também estarão expondo na Vinexpo Shanghai 2019.

A Espanha estará bem representada pelos produtores de vinho de qualidade que cobrem todas as regiões produtoras de vinho do país: González Byass e Osborne, conhecidos por seus donos, mas também com uma grande variedade de vinhos espanhóis. Rioja Alta sediará degustações de vinhos da região de Rioja e Castell del Remei fará descobrir as especificidades dos vinhos da Catalunha.

A França, como o principal fornecedor de vinhos na China em termos de volume e valor, estará em posição dominante na Vinexpo Shanghai. Joanne, Grands Crus do CVBG, Borie-Manoux, Sovex Grands Châteaux, Nathaniel Johnston e Twins são apenas alguns dos grandes nomes que vêm conhecer os compradores chineses. Eles se juntarão a um grande número de produtores e comerciantes de Bordeaux. As outras regiões produtoras de Fench, como Champagne (Maisons Charles e Piper Heidsieck) ou Côtes de Rhône (Maison Chapoutier) também estarão representadas.

Produtos chineses premium no centro das atenções internacionais.

Com uma dimensão decididamente internacional, a Vinexpo Shanghai é uma oportunidade para os produtores chineses promoverem o aumento da qualidade de seus vinhos e vinhos Baijius através de degustações. Os grandes produtores de Baijiu, como o Fenjiu Group e o Chengdu Xiangbeijinqiu, competirão com os principais destilados internacionais. Produtores de vinho como a China Greatwall Wine (Cofco), a Yantai Changyu Pioneer Wine e a Tonghua Wine Co apresentarão suas últimas safras.

Informações a imprensa : Vinexpo Shanghai - Communication Department 

Douro Boys lançam edição limitada de vinhos com vendas únicas em leilão

  Evento acontecerá em Portugal e lances também poderão ser dados por telefone

Protagonista de uma nova geração de enólogos do Douro, em PortugalTomás Roquette, da Quinta do Crasto, comemora os 15 anos do Douro Boys, um dos projetos mais simpáticos do mundo do vinho, criado a partir da união de cinco vinhateiros para promover os rótulos e a região do Douro dentro e fora do país.

Juntamente com Tomás, compõem o quinteto os enólogos João Ferreira Álvares Ribeiro, da Quinta do Vallado; Dirk van der Niepoort, da Niepoort;Cristiano Van Zeller, da Quinta Vale D. Maria; e Vito Olazabal, da Quinta do Vale Meão.

Em celebração aos 15 anos do projeto, serão apresentadas as novas safras de dois vinhos criados pelos cinco garotos do Douro: o Douro Boys Red Wine Cuvée 2017 e o Douro Boys Vintage Port 2017. Quem quiser adquirir os rótulos deve se preparar, pois as vendas acontecerão exclusivamente em um leilão, no dia 10 de outubro, no Six Senses Douro Valley, em Portugal. Os lances também poderão ser entregues por escritoou por telefone no dia do evento.

Peter Mansell, licitador especialista em vinhos da Christie’s, em Londres, será o responsável por conduzir o leilão e bater o martelo. Além dos dois vinhos Douro Boys, serão leiloadasraridades das caves do quintetoexperiências com os produtoresestadias em hotéis e degustações.

Para a elaboração dos novos Douro Boys Red Wine Cuvée e Douro Boys Vintage Port, cada enólogo selecionou sua melhor barrica de vinho tinto e sua melhor pipa de Porto Vintage da safra 2017. “Foi uma colheita impressionante no Douro. Escolhemos o excepcional entre o que já tínhamos de melhor para os blends Douro Boys”, resume Tomás.

As inscrições para participar do leilão vão até 25 de setembro. Para obter todos os detalhes é preciso entrar em contato com a Wine&Partners em Portugal pelo telefone +43 1 36 9 79 90 ou pelo e-mail i.kitzwoegerer@wine-partners.at.

Sobre os Douro Boys
O Vale do Douro era ainda mais ou menos desconhecido, ‘ficava algures na Europa Ocidental’, quando Jorge Roquette, João Ferreira Álvares Ribeiro, Dirk van der Niepoort, Cristiano Van Zeller e Vito Olazabal, em 2003, tiveram a ideia de criar o grupo ‘Douro Boys’. Queriam dar a conhecer ao mundo sua região vinícola natal, levar ao mercado global seus vinhos tintos e reposicionar os vinhos do Porto no mercado. Conseguiram todos estes objetivos. Hoje, o Vale do Douro aparece como uma seção indispensável em qualquer carta de vinhos sofisticada. Informações:www.douroboys.com

Sobre a Quinta do Crasto
Situada na margem direita do Rio Douro, a propriedade pertence à família há mais de 100 anos. Crasto deriva da palavra portuguesa “Castro”, que significa forte romano. Dos cerca de 130 hectares, 72 são ocupados por vinhas implantadas em diferentes sistematizações, com idades entre 8 e 95 anos, integrando cerca de 30 castas recomendadas para a Região Demarcada do Douro. Produção de Vinhos DOURO DOC e categorias especiais de VINHOS DO PORTO.

No Brasil, os vinhos da Quinta do Crasto são importados pela Qualimpor: www.qualimpor.com.br
Informações à imprensa: CH2A Comunicação