SEJA BEM VINDO

SEJA BEM VINDO

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Vinícola Gassier, a mais importante de Sainte-Victoire (Côtes de Provence), chega ao mercado brasileiro com seus vinhos rosés por meio da Inovini.




O Rosé está no ar. Durante muito tempo estigmatizado como bebida para o verão, o vinho rosado finalmente ultrapassou as barreiras das estações climáticas e passou a fazer parte do cotidiano do enófilo no mundo inteiro. Uma das casas mais importantes de vinho rosé, o Château Gassier, chega agora ao Brasil pela Inovini com os vinhos Gassier Epure Mediterranee, corte de Cinsault, Syrah, Grenache, Caladoc e Carignan; e o Esprit Gassier Côtes de Provence, corte de 35% Grenache, 30% Cinsault, 25% Syrah, 10% Rolle, também disponível em versão magnum. O consumo de vinhos rosé apresentou um aumento significativo na última década na maior parte do mundo. Provavelmente em função de sua elegância e facilidade de harmonização. Nós da Inovini fomos aumentando nosso portfólio de rosés ao longo dos últimos anos, mas ainda faltava um “Provence”. A Gassier veio ao encontro do que buscávamos, pois é uma vinícola de renome internacional, com produtos de alta qualidade, rótulos atraentes e dispõe de um ótimo entry-level, que é o Epure.“, dizRita Ibañez, gerente da Inovini













Tal sucesso dos rosés se deve muito por conta da mudança de hábitos de uma nova geração de consumidores identificada com a leveza e a modernidade que os rosés trazem para o mundo do vinho. Não apenas no estilo, mas no modo de consumo descomplicado e descontraído. E quando se pensa em vinho rosado, definitivamente a Provence é a região que vem a cabeça. O Rosé da Provence é referência e serve de inspiração a todo produtor que se aventura nesse mercado.

O Château Gassier, fundado em 1982, nasceu de um casamento entre um homem, Anthony Gassier, e um terroir excepcional, a montanha Sainte-Victoire. Rodeado por 40 hectares de videiras, a 330 metros de altitude, ao pé do Monte Sainte-Victoire e a poucos quilômetros de Aix en Provence, o Château Gassier ocupa uma posição privilegiada onde se encontram as três apelações de origem da Provence. A Gassier vem de uma família cuja história é intimamente ligada à região. Os antepassados de Anthony foram reconhecidos como parte da nobreza provençal em 1421. E mesmo a produção de vinhos da família é antiga e data do final do século XIX


Mas para além dos títulos e honrarias, o que de melhor os vinhos do Château Gassier oferecem é a qualidade do que está dentro da garrafa. Desde 2010 eles produzem também vinhos orgânicos que chegarão ao mercado brasileiro em um futuro próximo. O estilo é o clássico provençal, onde a elegância, o frescor e a delicadeza formam a base de sustentação da casa. O reconhecimento da crítica francesa e internacional apenas corroboram a vocação de grandes vinhos produzidos pelo Château




Tipo: Rosé Seco
Uvas: Cinsault, Syrah, Grenache, Caladoc e Carignan.
Região: Provence
País: França
Preço sugerido: R$ 79,00



Tipo: Rosé Seco
Uvas: 35% Grenache, 30% Cinsault, 25% Syrah, 10% Rolle.
Região: Provence
País: França
Preços sugeridos: R$ 179,00 (750ml) e
R$ 379,00 (1,5L).




Sobre a Inovini:
Aurora, tradicional importadora presente no mercado brasileiro desde 1946, lançou em 2009 a marca INOVINI, divisão dedicada exclusivamente ao mercado de vinhos finos. A empresa que já atuava na importação e distribuição desse segmento optou por criar uma área específica para que o segmento ganhasse maior foco dentro da companhia. Com isto, agregou novas marcas ao seu portfólio e trouxe um time de profissionais com sólida experiência de mercado. Serviços: Tel.: (11) 3623-2280


Portal: http:// http://www.inovini.com.br/
Mídias sociais: facebook: www.facebook.com/inoviniimportadora
Instagram: https://www.instagram.com/inovinivinhos
Informações e fotos para a imprensa:

LEG Comunicação Estratégica

Vila Don Patto faz homenagem a Portugal




A ‘Vila Don Patto’, mantendo suas raízes, rende homenagem a Portugal, colocando na área externa de seu restaurante ‘Don Patto’ uma réplica das Ruas de Águeda, com a instalação de coloridas sombrinhas, disponível aos finais de semana e feriados.

Águeda é uma pequena cidade do distrito  de Aveiro, com 11 mil habitantes.  Seu cartão postal são as sombrinhas coloridas que alegram de uma forma muito particular as ruas no Verão e marcam o principal evento cultural da cidade (*Fonte Internet).


Vila Don Patto-Endereço: Estrada do Vinho, Km 2.5, Sorocamirim. São Roque – SP -  contato@viladonpatto.com.br -  (11) 4711-3001 – Instagram: @viladonpatto www.viladonpatto.com.br
Malu Abib Comunicação Estratégica  

‘O Julgamento de Paris’ para aquecer o Dia do Vinho





Quem ainda não assistiu não pode perder. E quem já assistiu, esta é uma excelente oportunidade para repetir a experiência, desta vez no interior da maior edificação de pedra basáltica da América Latina o astelo da centenária Vinícola Peterlongo (Garibaldi (RS). O filme O Julgamento de Paris será exibido pelo Wine Movie Peterlongo no Dia do Vinho, 2 de junho, a partir das 18h. Os ingressos estão à venda no varejo da vinícola ou pelo site www.sympla.com.br


A sessão terá ambientação especial, propícia para a estação mais fria do ano. O salão que abrigava a expedição da centenária vinícola e que hoje sedia grandes eventos dará espaço a uma sala de cinema com bancos, tapetes, almofadas e mantas para aquecer o público. Além da tradicional pipoca, muito pinhão e vinho. Os que desejarem podem levar cadeiras e mantas. A projeção é feita em HD em uma tela de 8x5 metros.

Wine Movie Peterlongo não apenas caiu no gosto do público como também passou a ser o cinema de Garibaldi, na Serra Gaúcha. Seguindo o estilo vintage da Capital Brasileira do Espumante, as sessões de inverno esbanjam charme e nostalgia.


O filme: O longa acompanha o início da indústria do vinho, em Napa Valley (Califórnia), durante os anos 1970, que resultou na vitória da vinícola californiana Chateau Montelena na competição internacional de melhor vinho em 1976, em Paris, responsável por colocar a localidade no mapa dos melhores produtores da bebida. Baseado em fatos reais, o filme mostra os bastidores do julgamento, contados pelo único jornalista presente à degustação que opôs alguns dos mais clássicos vinhos franceses com vinhos californianos e cujo resultado transformou a maneira como o vinho era visto no mundo





O que? Wine Movie Peterlongo
Quando? 2 de junho de 2018
Horário: 18h
Filme: O Julgamento de Paris
Duração: 1h50min
Onde? no interior do vinícola, abrigada pela maior edificação de pedra basáltica da América Latina (Garibaldi/RS)
Ingressos limitados: R$ 40 antecipado e R$ 50 no local (sujeito à disponibilidade)
Pontos de venda: varejo da Vinícola Peterlongo ou no site www.sympla.com.br
O ingresso inclui uma pipoca, uma taça personalizada e uma dose de vinho ou espumante
Atrações: pipoca, pinhão, food truck, além de espumantes, vinhos e suco de uva em taça e garrafa
Classificação: Livre
Fotos: Jeferson Soldi
Informações: Conceitocom Brasil-

terça-feira, 15 de maio de 2018

Seis mulheres poderosas do mundo do vinho protagonizam evento inédito no Brasil



Promovido pela Wines of Chile pela primeira vez no mundo, o projeto ‘Rainhas de Copas’ desembarca em São Paulo no dia 15 de junho em uma batalha épicaNo lugar das espadas, saca-rolhas: seis mulheres vão duelar pelo voto do público e a sommelière com a carta de vinhos mais votada levanta a taça e a coroa.

As bravas sommelières (esse é o feminino da palavra ‘sommelier’) que entram na arena são Daniela Bravin, Débora Breginski, Eliana Araújo, Gabriela Bigarelli, Gabriele Frizon e Jéssica Marinzeck. As Rainhas de Copas estiveram no Chile entre 2 e 5 de maio percorrendo um roteiro intenso de visita às vinícolas, degustação dos vinhos e seleção dos rótulos.

As sommelières colocam suas cartas de vinhos na mesa no charmoso Bar de Cima, nos Jardins. O ingresso custa R$ 55 e dá direito a degustação de vinhos e buffet de comidinhas charmosas e deliciosas para acompanhar os vinhos. Os ingressos são limitadíssimos e estão à venda na plataforma Sympla através do link: bit.ly/2KWNT3n

São mais de 35 vinhos entre tintos e brancos das vinícolas Aresti, Bisquertt Family Vineyards, Casa Silva, Casas del Bosque, Cono Sur, El Principal, Emiliana, Gandolini, Indomita, Matetic Vineyards, Pérez Cruz, Santa Carolina, Siegel Family Wines, Terranoble, Valdivieso, Ventisquero e Veramonte.

A ação Rainhas de Copas, idealizada pela CH2A Comunicação, surge como um reflexo do protagonismo das mulheres no mundo do vinho e reforça a presença cada vez mais significativa de sommelières em um ambiente majoritariamente masculino. Sem procedentes no Brasil, é a primeira vez que um projeto reúne exclusivamente as mulheres do vinho.

O projeto Rainhas de Copas acontece de forma piloto no Brasil e reflete o posicionamento de vanguarda do Chile em antecipar tendências e atender a demandas não apenas de consumo, mas também comportamentais. Além de reconhecer e valorizar o protagonismo feminino no segmento vitivinícola, queremos demonstrar que a experiência de consumir um vinho do Chile pode ser lúdica, divertida, informal e sem regras. O que mais importa é a experiência que o consumidor terá na degustação. A escolha da melhor carta é uma forma de fechar o duelo, que será, obviamente, exclusivamente com vinhos chilenos de qualidade indiscutível”, resume Angelica Valenzuela, diretora da Wines of Chile.
Rainhas de Copas – Wines of Chile-Dia 15 de junho (sexta-feira), das 20 horas à meia-noite
      Bar de Cima – Rua Oscar Freire, 1.128Ingresso: R$ 55,00. O ingresso dá direito à degustação de mais de 35 vinhos + buffet de comidinhas para harmonizar.
Link para compra antecipada: bit.ly/2KWNT3n

#winesofchile #amovinhoamochile #reinasdecopasbrasil #rainhasdecopas

A Wines of Chile é a associação responsável por divulgar os vinhos chilenos no mercado mundial. Representa cerca de 90 vinícolas e, além de sua sede em Santiago, tem escritórios em Londres e Nova York, representantes no Brasil, Canadá e Ásia. Trabalha em parceria com a ProChile (Direção de Promoção de Exportações, instituição do Ministério de Relações Exteriores do Chile) para desenvolver e oferecer programas promocionais e educacionais na Ásia, América (Norte e Sul) e Europa.

Informações para a imprensaCH2A Comunicação

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Espumantes Henkell chegam ao Brasil!

Versáteis, jovens e festivos, rótulos são trazidos pela Cantu Importadora*Atenta a uma demanda de mercado, importadora mira no segmento de festas e casamentos.

Sinônimo de festa, celebração e efervescência, os espumantes  já conquistaram seu lugar nas taças dos brasileiros. Atenta a essa demanda, a Cantu Importadora anuncia o lançamento das borbulhas Henkell no Brasil, elaboradas pelo maior produtor de espumantes do mundo!

Leves, descompromissados e fáceis de beber, os espumantes Henkell são uma ótima opção para brindar  e embalar momentos de celebração e alegria como festas de aniversário, baladas, casamentos, e , claro, o indispensável happy hour com os amigos.

Desembarcam no Brasil as versões Henkell Blanc de Blancs, de 750ml, e Henkell Trocken em opções para todo tamanho de celebração: em garrafas de 1,5 L, 750ml e 200 ml, para beber com canudinho.

As festivas borbulhas Henkell possuem acidez equilibrada, sabor cítrico e toque de maça verde. Devem ser consumidos bem geladinhos: entre 6 e 8 graus.

Cantu Importadora: ( 11 )2144-4464- Carolina Fonseca - 
carolina.fonseca@cantuimportadora.com.br

Informações concedidas por CH2A Comunicação
foto : reprodução do instagram @henkellau

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Qualimpor Wine Day por Apreciadoras de Vinhos





As Apreciadoras de Vinhos estiveram no evento Qualimpor Wine Day 2018 que aconteceu na Casa Miracolli, na Rua Colômbia no nobre bairro do  Jardim Paulista ( São Paulo).
A Tema Assessoria de Comunicação foi  responsável pela assessoria de imprensa.

Nós não poderíamos deixar de registrar esse evento que contou com o Cava Freixenet, os vinhos Herdade do Esporão, Quinta dos Murças, Quinta do Crasto, Taylor's e Quinta do Ameal, todos  da importadora Qualimpor.

     


















Vamos aos nossos registros:

Cava Freixenet:Com mais de 100 anos de tradição, Freixenet é a maior produtora de vinho espumante de qualidade do mundo. Com sede localizada em Penedès, na Catalunha, Espanha, foi fundada em 1861 e segue  à risca os métodos de champenoise na fabricação de seus cavas.
Foto das Apreciadoras de Vinhos com Fabiano Ruiz- Diretor Executivo da Freixenet


Cava Rodestiu: 30%Macabeo, 30% Parellada e 40% Xarel-lo, vinificação entre 9 e 12 meses.

Cava Freixenet Vintage:Elaborado com uvas Macabeo, Xarel-lo e Parellada.


Cava Reserva Real: Processo de produção manual e envelhecimento mínimo de 30 meses, esse cava foi desenvolvido em 1987 devido a visita dos reis da Espanha à sede da Freixenet.



Elyssia Grand Cuvée :Elaborado com uvas Chardonnay, Macabeo, Parellada e Pinot Noir; proporciona aroma de acácia e mel com fundo de frutas maduras como abacaxi e pêssego.;

Elyssia Pinot Noir: Com viva coloração rosada e de intensidade média, este Cava é elaborado com coupage 100% Pinot Noir



Quinta do Ameal:Esta Quinta é uma propriedade antiga de 1710, com beleza natural, localizada no Vale  do Lima, onde são criados e produzidos vinhos brancos de excelência feitos a partir de uma casta de uvas portuguesa chamada Loureiro.
Foto com Pedro Araújo proprietário da Quinta do Ameal

Os vinhos produzidos, exclusivamente a partir de uvas cultivadas organicamente na Quinta,  assentam numa filosofia de produção muito própria que se traduz em concentrar a maior atenção e energia na vinha, conseguindo assim produzir uvas  de grande qualidade.

Vinho Bico Amarelo:castas 20% Alvarinho, 60% Loureiro, 20% Avesso.Maturação de 3 a 6 meses em cuba de inox com removimento regular de borras finas.
Produzido nos Vales do Minho, Lima e Douro, onde respetivamente aquelas castas mostram o seu potencial mais marcante.Região de produção – Vinho Verde.


Vinho Quinta do Ameal Loureiro:castas Loureiro.Região de produção – Sub-região do Lima.
Maturação de 3 a 6 meses em cuba de inox a temperatura controlada.Límpido e cor citrina claro. Aromas florais e frutados bem combinados e equilibrados, próprios das uvas bem maduras da casta Loureiro.



Vinho Quinta do Ameal Escolha:90% Loureiro e 10% Arinto.Fermentação e estágio em barricas de carvalho francês durante 6 meses.Límpido e cor citrina. Aromas florais, flor de laranjeira. Frutado, bem combinado com o abaunilhado e fumado resultante do estágio em barricas de 225 litros de carvalho francês de Nevers. Não é envelhecido em barricas novas mas sim usadas por nós anteriormente


“Quinta do Ameal – Solo”: Casta Loureiro.Maturação de 3 a 6 meses em cuba de inox.
Produzido no Vale do Lima – Nogueira, onde a casta Loureiro atinge a maior expressão aromática e gustativa (terroir).




Herdade do Esporão:apresenta condições únicas para a agricultura e para o Enoturismo. Possui cerca de 700 ha de vinhas olivais e outras culturas potenciadas  pleo modo de produção biológica e produção integrada, onde estão plantadas cerca de 400 castas,  4 variedades de azeitonas, pomares e hortas.

Apreciadoras de Vinhos com o Diretor Comercial Global Diogo Melo e Castro

Vinho Pé Branco:Castas Antão Vaz, Perrum e Arinto.Este vinho apresenta-se frutado, com aromas citrinos e um paladar fresco e elegante.

Vinho Pé Rosé:Castas Aragonêz, Syrah, e Touriga Nacional.Apresenta cor ligeiramente rosada, aroma a remeter para morangos silvestres e uma paladar suave e fresco.

Vinho Monte Velho Branco: Castas Antão Vaz, Roupeiro e Perrum.
Vinho Monte Velho Tinto:Castas Aragonêz, Trincadeira, Touriga Nacional e Syrah.



Esporão Colheita Tinto:Castas Touriga Franca e Cabernet Sauvignon.



CURIOSIDADE:Todo ano após a colheita se modifica o rótulo desses vinhos abaixo. 

O Esporão Reserva é um vinho para momentos memoráveis. Com um sabor envolvente, tradicional e distinto, é feito para consumidores que gostam de apreciar um vinho especial e procuram o que a vida tem de melhor.
Uma bebida feita para marcar e brindar fatos importantes, refeições especiais e também para agradar os paladares mais sofisticados. O rótulo muda a cada ano, sempre com alguma bela obra de um artista gráfico.
História do primeiro rótulo: eles foram nivelar o terreno e encontraram uma pedra muito grande, então foram buscar uma escavadeira para retirar a pedra, quando começaram a tirar os moradores não deixaram, dizendo que tinha  a pedra um formato de rolha e se a tirassem iria prejudicar a terra, então essa foi a inspiração do rótulo com a pedra.



Quinta do Crasto: produz anualmente 1.400.000 de garrafas de vinho do Douro e vinho do Porto de diversas categorias. Além dos vinhos produz anualmente 45.000 garrafas de azeite virgem extra.

Vinho  Crasto Rose:Castas 85% Touriga Nacional, 15%Tinta Roriz. Excelente frescura aromática da Touriga Nacional em perfeita harmonia com a elegante textura da Tinta Roriz.

Vinho Xisto Roquette &Cazes:Castas Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz.



 Taylor's Port:



Foto Apreciadoras de Vinhos com o renomado Carlos Cabral e  Fernando Seixas (Export Sales Manager) Taylor's

O Tawny Taylor’s 20 Anos é um magnífico e delicadamente constituído lote de tawnies velhos, produzido em quantidades limitadas. Portos tintos seleccionados, produzidos nas zonas este do Vale do Douro, incluindo quintas próprias da Taylor’s, são envelhecidos em cascos de carvalho nas caves da Taylor’s em Vila Nova de Gaia. No Tawny 20 Anos, a fruta acaba por aveludar mais do que no 10 Anos e os aromas especiados e de frutos secos, dados pelo envelhecimento, são mais poderosos e intensos. Tal como o 10 Anos, o 20 Anos é engarrafado quando está pronto a beber e não requer nenhum tempo extra de estágio em garrafa. 

E assim terminamos mais uma postagem especial com muitos vinhos de qualidade e importantes personalidades do vinho. Tim Tim e até a próxima postagem!


Elogios a Tema Assessoria e a Qualimpor!

                                                   http://www.qualimpor.com.br/

terça-feira, 8 de maio de 2018

Casa Aberta La Pastina por Apreciadoras de Vinhos




Como não se apaixonar por um evento com produtos de alta qualidade, hoje as Apreciadoras de Vinhos participaram do Evento Casa Aberta La Pastina na sua  fábrica no Ipiranga, São Paulo. A assessoria de Imprensa  responsável foi a  renomada  Tema Assessoria de Comunicação.




O evento contou com vinhos, espumantes, lambrusco, produtos alimentícios, música e nós que sempre registramos os melhores eventos não poderíamos deixar de repassar para você leitor  os nossos registros e pode ter certeza que no final da postagem muito será descoberto e você irá ficar com vontade de  adquirir igual  a nós os produtos La Pastina.
Antes de iniciarmos vamos contar um pouco sobre a La Pastina: uma das principais importadoras de bebidas e alimentos gourmet do Brasil, presente desde 1947 no mercado, é responsável  pela importação e distribuição de renomadas marcas.
O centro de distribuição é um dos maiores e mais bem equipados da América Latina no segmento, possui mais de 16 mil metros quadrados de área, 11 mil posições palletes, câmaras climatizadas e foi construído dentro dos padrões de sustentabilidade, como por exemplo, a captação e reutilização de água, entre outros.O lugar é encantador.



Agora vamos começar pelos detalhes do evento:

Fratelli Cella
Ao chegar tivemos a agradável surpresa de ter drinks com um lambrusco que adoramos  Fratelli Cella, para quem não conhece ele é facilmente encontrado nos mercados e já eramos consumidoras do branco e do tinto então uma opção dos drinks foi com o Rosé, ficou bem leve e agradável a combinação com morangos. Origem italiana, o lambrusco é um vinho frisante e o Rosé aqui remetia a notas de flores com frutas vermelhas .
Desde 1960 Fratelli Cella produz vinhos de qualidade típicos da Emilia-Romagna, entre os quais o Lambrusco, o mais importante e conhecido vinho espumante.
Os vinhos Fratelli Cella são produzidos a partir de uvas selecionadas produzidas na região de Modena por membros viticultores, que com cuidado e atenção diários conferem características únicas aos produtos. O seu trabalho cuidadoso começa nos vinhedos e termina na adega com a produção de excelentes vinhos, oferecidos pela Fratelli Cella.
O capital humano associado a uma excelente cadeia produtiva levou a Fratelli Cella a fazer a história de Lambrusco e a ser uma garantia real no setor vitivinícola







J.P. Chenet

Criado pela J.P Chenet, marca de vinhos francesa número 1 no mundo,  especialmente para ser apreciado com pedras de gelo. 
Uvas: Chardonnay, espumante branco, com rolha de cortiça.

O grupo Les Grands Chais de France é um dos principais produtores de vinhos e bebidas alcoólicas da França. O grupo, com sede em Petersbach(Alcásia), foi fundado em 1979. Esta sociedade começou na negociação apenas de cognac e a partir de 1983, diversificou sua linha de produtos para vinhos franceses de diversas regiões do país.
Responsável pela comercialização internacional dos vinhos J.P.Chenet, um dos maiores fenômenos de venda do mundo, o grupo LGCF também responde por outras marcas consagradas e de grandes volumes de venda.


Emiliana





Cada rótulo tem uma simbologia com a natureza:

linha de vinho Adobe Emiliana se propôs elaborar vinhos que representam fielmente o caráter de cada  variedade, pensando em aqueles consumidores de vanguarda que atualmente estão preocupados com o meio ambiente.Aqui degustamos o Adobre Emiliana Chardonnay.

Linha Novas (os antigos astronomos denominavam "novas" ao nascimento de uma nova estrela. É como um tributo a esse paciente trabalho de observar com cuidado o comportamento da natureza que nasce, esta linha de vinhos produzidos com uvas orgânicas provenientes de uma cuidadosa seleção)

Vinho Coyam (Coyan significa carvalho  chileno em Mapudungun, na lingua dos nativos Mapuches do Sul do Chile é o nome que escolhemos para o primeiro assemblage tinto, já que invoca as majestosas árvores nativas que rodeiam os vinhedos) com uvas:Syrah, Carmènere, Cabernet Sauvignon, Merlot, Mourvèdre e Malbec.13 meses em barrica.

Vinho Gê: Um vinho de poucas garrafas com 48% de Syrah, 40% de Carmenère, 12% de Cabernet Sauvignon


Esse vinho se une a uma energia do cosmo e da terra. Das 10.381 garrafas produzidas as Apreciadoras de  Vinhos aderiram a número 4.382.
A vinícola segue o Calendário Biodinâmico:as plantas são expostas e moldadas por forças  que provem tanto das profundidades da terra como das alturas . A luz  do sol, a lua e os planetas tem ciclos que afetam  a forma distinta a vida das plantas contribuindo em forma particular e específica ao seu crescimento.Mediante a compreensão destes ciclos e suas influências, podemos programar as diferentes atividades e trabalhos agrícola através do Calendário Biodinâmico e obtenha assim alta qualidade no produto cultivado

 linha King Rabbit

 Vinhos franceses com uma proposta ousada e irreverente para serem degustados a qualquer momento e sem formalidades. A linha King Rabbit é produzida na região de Languedoc-Roussilon, uma tradicional área vitivinícola com mais de 2 mil anos na produção de vinhos.
Além de serem vinhos fáceis de beber, o grande diferencial da linha King Rabbit são os rótulos modernos, com cores vibrantes, assinados pelo artista francês Gildas Coudrais. Todos os rótulos vêm com imagens estilizada do coelho da Alice no País das Maravilhas, que vivia correndo atrás da felicidade, mas esquecia de viver o momento presente. A proposta da linha King Rabbit é exatamente degustar a vida e vivenciar o prazer de beber um bom vinho hoje, sem complicação.






Carlos Serres 


Carlos Serres Crianza foi produzido a partir de um processo que tem como objetivo extrair o máximo de características, propriedades e caráter das uvas Tempranillo e Garnacha. Vermelho com reflexos púrpura. Aroma de frutas vermelhas maduras e notas de fundo picantes. Na boca apresenta boa estrutura, saboroso, fresco, frutal com um final persistente e doce.
















Finca Quara

No final do século XIX, José Fortunato Lavaque chegou ao Líbano em Buenos Aires e imediatamente começou a procurar o que seria seu destino final. Foi então, seduzido pela paisagem única do vale, estabelecida em Cafayate, que era a cidade mais próspera da província de Salta. E logo depois começou a operar sua própria vinícola, produzindo cerca de 1.500 hectolitros por ano de vinho.
Alguns anos depois, a família Lavaque adquiriu a Finca El Recreo, que durante os séculos XVII e XVIII pertencia à família Peñalva Frías e, na época, pertencia à família Michel Torino. Rodolfo Lavaque inaugurou a Finca Quara lá. Motivado por seu impulso e seu espírito avassalador, ele se tornou um dos principais atores do renascimento do vinho no norte da Argentina durante os anos 90 e os anos que se seguiram.

Cono Sur
Cono Sur Vineyard &Winery foi fundada em 1993, com a missão de produzir vinhos premium expressivos e inovadores que transmitam o espirito do Novo Mundo. O nome refere-se a posição geográfica da empresa, representando os vinhos orgulhosamente produzidos no " Cone Sul" da América do Sul, em cuja extremidade ocidental se encontra o Chile e seus ricos vales vinícolas.














Alves Vieira


Com uvas Syrah, Alicante Bouschet, Touriga Nacional e Petit Verdot.A denominação Alves Vieira é  o nome  da família da região Alentejana.







Croft














A marca Croft é uma das mais ilustres de todas as casas produtoras de vinho do Porto. Fundada em 1588, é a empresa em atividade mais antiga da área e é particularmente conhecida pelos seus vinhos do Porto Vintage, pela sua gama de vinhos do Porto Reserva envelhecidos em madeira e também pelos seus Tawnies, estilos que perduram no tempo graças à habilidade e experiência que têm sido passadas de geração em geração.
A pedra fundamental do estilo distintivo da casa Croft é a famosa Quinta da Roêda, descrita como a jóia das propriedades do vinho do Porto. Os vinhos desta magnífica propriedade, que contém alguns dos vinhedos mais antigos da região do Douro, formam o coração do lote de vinho do Porto Vintage da Croft.

Linha Fasano

















Esperamos que tenham gostado dos nossos registros e  deixamos aqui elogios a La Pastina e a Tema Assessoria de Comunicação.